Uma boa olhada no novo trailer dos Vingadores

Bem, agora que você já viu, reviu,viu de novo e acabou de recolher os pedaços da sua cabeça do chão, vamos dar uma olhada mais profunda no novo trailer dos Vingadores. A primeira coisa que dá para perceber, e já estava claro no primeiro trailer é que desta vez Nick Fury vai passar de coadjuvante a fio condutor da história. Ele é o catalisador de tudo, e vai caber a ele convencer/motivar os outros heróis a entrar em ação. Outra coisa que ficou clara é que a ameaça a ser enfrentada é gigante, e comandados por Loki, os aliens (sejam eles Skrulls ou não) parecem que vão realmente ser uma ameaça aos heróis. Eu estava receoso neste ponto: as vezes os filmes de heróis pecam em criar um antagonista a altura de um herói só, imagina quando temos uma equipe de seres super poderosos.

O agente Colson está de volta, o que é legal. O personagem apareceu timidamente no primeiro Homem de Ferro e caiu nas graças do público pelo seu carisma e por ser um alívio cômico que funciona bem em contrapartida aos heróis gigantes e infalíveis. Temos a cena do recrutamento do Hulk pela Viúva Negra, onde Mark Rufallo aparece pela primeira vez no trailer. Devo dizer que ainda não comprei a idéia dele como Bruce Banner (Edward Norton é muito mais ator, mas infelizmente faz exigências demais). O Hulk em sí não parece estar muito diferente do filme com Norton, sendo a única grande alteração a adaptação das feições da criatura ao rosto de Rufallo.

Depois desta parte, Thor ganha o destaque, e pelo pouco que dá para perceber no trailer, parece que ele está em algum tipo de missão particular, e terá que ser convencido a trabalhar com a equipe. A parte com ele no topo do edifício Chrysler invocando um relâmpago é épica. Corta para cena em um porta-aviões que provavelmente será o navio voador da Shield… e Bruce Banner conhecendo Steve Rogers. Fica a pergunta se o Capitão América será o líder da equipe realmente, como é nos quadrinhos. O poster liberado nos últimos dias dá um destaque bem maior ao Homem de Ferro. Porém a cena seguinte já meio que desmente isto, pois vemos Tony Stark relutante em abraçar a causa e quebrando o pau com Thor. Parece não ser atitude de um grande lider não?

Seguem cenas genéricas de ação com os heróis e ai aparece o que me pareceu ser o ponto fraco do filme até agora: o que é aquele uniforme do Capitão América? Está parecendo um pijama! Espero que no filme este detalhe passe despercebido, soterrado pelos outros pontos positivos. Mas que está esquisito, está. Segue um diálogo entre Stark e Loki. Acho que os melhores diálogos serão entre estes dois personagens, afinal um é o Deus da trapaça e o outro… bem o outro é Tony Stak!

Temos Thor sendo lançado longe após dar uma porrada no escudo do Capitão (heróis sempre têm de brigar entre sí antes de ser amigos. É uma regra fundamental do universo). A partir deste ponto Hulk passa a ter o seu destaque, e vê-lo cainda entre os prédios e detonando naves alienígenas realmente é um deleite visual. Fico pensando como a Viúva Negra e o Gavião Arqueiro, únicos integrantes da equipe sem super poderes vão se virar nesta confusão toda.

Poses heroicas e vem o logo do filme, seguida da cena em que o Homem de Ferro faz sua entrada triunfal sendo perseguido pela serpente robótica gigante. “Eu estou trazendo a festa até vocês”. Realmente este filme não teria metade da graça sem Tony Stark. Minha conclusão é: estou mais ansioso agora para assistir Vingadores do que Dark Knight Rises, o que é impressionante. Por mais que eu seja um verme fã do Batman, eu já sei mais ou menos o que esperar do novo filme. Mas os Vingadores será uma experiência totalmente nova, e isso por si só já me levará aos cinemas no dia da estréia.

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someoneShare on Tumblr
This entry was posted in Entretenimento, Filmes, Quadrinhos and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *